08 Dec
08Dec

Numa altura em que muitos animais foram abandonados, devido à pandemia, a Worten junta-se à União Zoófila e para promover a adoção de cães e gatos, através da ação “Aquecedor de Estimação”, em vigor até 31 de dezembro deste ano.

Não há melhor aquecedor do que um animal de estimação, por isso juntámo-nos à União Zoófila para te dar a conhecer os animais para adoção mais fofos e quentinhos de sempre!

Alguns são aquecedores natos, sempre ligados em modo ronrom ou caudinha a abanar. Outros chegam-nos a precisar de “arranjo”, ou simplesmente de muito amor. Mas todos eles têm muito calor para dar, basta que lhes dês uma oportunidade.

“Os interessados em participar nesta ação e contribuir para esta causa só precisam de clicar em worten.pt, perder-se de amores por um cão ou gato e preencher o formulário de adoção. A União Zoófila entrará, posteriormente, em contacto para agendar uma visita e uma entrevista e, a partir daí, dar seguimento ao processo de adoção.” - explica a marca de tecnologia do grupo Sonae em comunicado.

“Para quem não puder adotar, pode ajudar, adquirindo, numa loja Worten ou em worten.pt, um produto de aquecimento disponível no folheto temático da marca. A Worten irá doar 1€, em equipamentos novos (num total máximo de 2000€), à União Zoófila, por cada produto vendido, de 17 de novembro a 31 de dezembro de 2021.” - acrescenta a empresa.  

“Gostamos de fazer diferente, por isso pegámos numa campanha que nos acompanha há já vários anos, em plano promocional da marca, e demos-lhe um embrulho solidário, em duas vertentes: além de incentivarmos os nossos clientes a adotar um animal de estimação resgatado pela União Zoófila, vamos também doar a essa associação 1€, em equipamentos novos, por cada produto de aquecimento vendido, em loja ou em worten.pt, que esteja incluído no nosso folheto temático de aquecimento”, explica António Fuzeta da Ponte, Diretor de Marca e Comunicação da Worten. 

Também para Luísa Barroso, responsável da União Zoófila, “esta ação de divulgação e incentivo à adoção reveste-se de particular importância, ao surgir depois de dois anos particularmente difíceis para a associação, com dificuldades em todas as áreas de atuação. A campanha arranca no dia em que a União Zoófila comemora o seu 70º aniversário, 70 anos a resgatar, a recuperar, a proteger e a encaminhar para novas famílias, cães e gatos vítimas de maus tratos e de abandono, num país onde a sobrepopulação de animais errantes e abandonados continua a ser um verdadeiro flagelo”.