63% dos jovens ignoram conselhos dos pais sobre Internet


23 Jan

Recentemente, uma equipa da Universidade Nova de Lisboa realizou um estudo com 2.000 jovens, entre os 9 e 17 anos, que concluiu que 63% dos jovens ignoram os conselhos dos pais relativamente a comportamentos na Internet. O mesmo estudo avança que as raparigas passam 3,1 horas ligadas ao mundo web enquanto os rapazes passam 3,3 horas.

A partir dos dados deste estudo, a empresa europeia de smartphones Wiko preparou uma lista de dicas para ajudar os pais a proteger os filhos de um comportamento de risco no mundo digital. 

Converse. O fruto proibido é o mais apetecido, por isso não proíba o seu filho de navegar na Internet. Converse regularmente sobre os comportamentos mais seguros que deve praticar no mundo digital e esclareça qualquer dúvida que o jovem exponha.

Confiança. Crie uma relação de confiança mútua para que o seu filho partilhe consigo qualquer problema online que tenha.

Privacidade. Tal como os adultos, as crianças também têm direito à privacidade que deve ser respeitada, por isso não leia as mensagens deles. Converse sobre o que é certo e errado e confie na educação que lhe está a dar.

Sigilo. Ensine o seu filho a manter os dados pessoais, como morada e número de telefone, sigilosos, não os publicando em nenhuma plataforma digital, ainda que lhe seja pedido para o fazer.

Com a prática de comportamentos seguros, o admirável mundo Web pode fornecer às novas gerações oportunidades que anteriormente eram impensáveis.