Book in Loop: voltou a plataforma onde as famílias poupam 50% nos manuais escolares


13 Aug

- Plataforma tem mais de 10 mil livros para reutilizar com garantia de qualidade

- O projeto, que já reutilizou mais de 300 mil livros e permitiu a poupança de mais de três milhões de euros aos portugueses, tem disponíveis manuais do 5.º ao 12.º ano 


Criada em 2016, a plataforma Book in Loop já deu uma segunda vida a mais de 300 mil livros em Portugal. Este ano, apesar da gratuitidade dos manuais escolares para todos os alunos do ensino público, o projeto da startup de Coimbra The Loop Co. regressa para aliar a vertente sustentável da reutilização dos livros à poupança, oferecendo a possibilidade de serem comprados manuais escolares a metade do preço. Estão disponíveis mais de 10 mil exemplares do 5.º ao 12.º ano de escolaridade.

Reutilizar livros e promover hábitos de consumo sustentável junto dos portugueses são os objetivos da Book in Loop, que, no último ano, foi a escolha de cinco mil famílias em Portugal. Para adquirir livros usados, basta inscrever-se e comprar os manuais em www.bookinloop.com para, posteriormente, serem entregues ao domicílio.

“Para que a gratuitidade seja eficiente, tanto do ponto de vista orçamental como do ponto de vista ambiental, acreditamos que tem de ser aliada à reutilização. Louvamos a iniciativa do Estado, que, desde o ano passado, tem prosseguido este caminho, mas queremos continuar a ser uma alternativa para as cerca de 200 mil famílias que não são abrangidas pela medida e para aquelas que preferem ser «donas» dos seus próprios livros”, explica Ricardo Morgado, cofundador da startup.

No seu primeiro ano de operação, a Book in Loop movimentou cerca de 15 mil livros e no ano seguinte quadruplicou este número. Em 2018, ano em que foi possível utilizar os vales MEGA na plataforma para compra de manuais do 5.º e 6.º ano em segunda mão, aproximou-se dos 100 mil livros e no ano passado foi a escolha de cinco mil famílias em Portugal. No total, a plataforma já somou uma poupança de três milhões de euros para as famílias portuguesas. Ao contrário do que é habitual, este ano o processo inicia-se pelas compras, sendo que, para garantir todas as medidas de higiene emanadas pelas autoridades de saúde, só se existir necessidade de reforçar o stock será aberta a possibilidade de vender manuais em segunda mão.

No início de julho, o projeto aterrou também em Espanha, onde está em funcionamento em todo o território continental, com mais de 2.000 lojas da rede Corréos, onde é possível entregar os livros para serem vendidos na plataforma. “Cedo percebemos que a problemática dos manuais escolares era idêntica em Portugal e Espanha: os manuais escolares são caros, são trocados com alguma frequência e as opções de reutilização são limitadas localmente. Pelas semelhanças entre os dois mercados, sempre foi um objetivo da The Loop Co. expandir a ação da Book in Loop para o país vizinho. É um passo que há muito esperávamos e que, a par de ajudar as famílias, reforça a nossa missão de promover um mundo cada vez mais sustentável”, explica Ricardo Morgado, cofundador da The Loop Co..

A Book in Loop surgiu como uma solução inovadora de economia circular e desenvolveu, nos últimos quatro anos, um processo logístico e tecnológico para promover e auxiliar as famílias na reutilização de manuais. Este ano, em virtude do contexto pandémico, o já habitual controlo de qualidade dos livros, certificado pela Universidade de Aveiro, vai ser completado pelo rigoroso cumprimento de todas as normas de higiene e segurança recomendadas pela Direção-Geral da Saúde.


Sobre a Book in Loop:
A Book in Loop é uma plataforma online de compra e venda de manuais escolares em segunda mão. Criada em 2016, surgiu como uma solução inovadora de economia circular e desenvolveu, nos últimos quatro anos, um processo logístico e tecnológico para promover e auxiliar as famílias na reutilização de mais de 300 mil manuais escolares.Este ano, a Book in Loop continua a aposta em ajudar as famílias a poupar a carteira e o ambiente. O projeto é levado a cabo pela The Loop Co., empresa de Coimbra que tem a economia circular no seu ADN e que, no início deste ano, em parceria com Carolina Patrocínio, lançou também a BabyLoop, para compra e venda de equipamentos de puericultura.