Zoo Santo Inácio promove ensino no exterior e lança programa de “Aulas ao ar livre”


05 Nov

O Zoo Santo Inácio acaba de anunciar o lançamento do seu novo programa escolar “Aulas ao ar livre”, que pretende promover o ensino no exterior e em contacto com a natureza e a biodiversidade. O programa, que já está em vigor, permanecerá disponível até ao final do segundo período letivo, previsto para 24 de março.  

“Hoje, dia 05 de novembro, celebra-se em todo o mundo o ‘Outdoor Classroom Day’ e, por isso, quisemos semear a sementinha de sair para a rua e apreciar o melhor que a vida tem: a natureza. Aprender as mais diversas disciplinas no meio de flores e de animais, são momentos que ficam na memória de cada um e que tem, sem dúvida, efeitos muito positivos na aprendizagem e no comportamento das crianças”, salienta Teresa Guedes, diretora do Zoo Santo Inácio, o maior e mais verde zoológico do Norte do País.

O desafio de ensinar em contacto direto com a natureza está lançado a todos os professores que queiram embarcar na aventura e testemunhar as vantagens do chamado “outdoor learning”, como as melhorias no comportamento e nível de concentração dos alunos, bem como no desenvolvimento de competências sociais, imaginação e criatividade, em especial num ano em que, devido à pandemia de COVID-19 e às medidas de contenção da infeção implementadas nas escolas portuguesas, nem sempre é possível as crianças disporem de espaço de recreio ao ar livre.

Um dos fatores diferenciadores deste programa relativamente aos antecessores é o seu maior alcance. O Zoo Santo Inácio, sensível à situação atual e, de forma a promover o bem estar de todos, baixou os preços de 6€ por aluno para 2€ por aluno, de modo a que os custos não se traduzam num impedimento para usufruir da experiência. Para além disso, professores e auxiliares estão isentos de pagamento podendo, inclusivamente, visitar o Zoo Santo Inácio antecipadamente para preparar os conteúdos a lecionar.

“Queremos dar a todos os alunos a possibilidade de saírem das salas de aula e virem aprender num espaço amplo e verde, fugindo do burburinho da cidade e tendo a possibilidade, ainda, de conhecer os mais de 600 animais do zoo, bem como toda a flora existente. Reforçar a aproximação dos mais novos à natureza é o que, no futuro, também os fará querer preservá-la”, explica Teresa Guedes.

Até ao dia 24 de março, todos os professores podem candidatar-se através de email (escolas@zoosantoinacio.com) e lecionar qualquer disciplina a partir dos 15 hectares que compõem o Zoo Santo Inácio, com a garantia do cumprimento de todas as medidas de higiene e segurança recomendadas pela Direção Geral da Saúde (DGS).