5 Dicas Kumon para o Regresso à Escola


09 Mar
09Mar

A Kumon, a maior rede de centros de educação do mundo, reúne um conjunto de dicas para ajudar os mais pequenos a sentirem-se motivados e a obterem um bom desempenho escolar no regresso à escola, após um longo período de confinamento. Estimular a independência e incentivar a autonomia são atitudes fundamentais, nas crianças, assim como desenvolver o seu sentimento de responsabilidade, para que aprendam importantes princípios para o resto da vida.

Para ajudar os pais e alunos nesta tarefa, a Kumon preparou algumas dicas que podem fazer toda a diferença no dia a dia. 

Vamos a isso? 

1. Não faça as tarefas que o seu filho pode fazer sozinho 

Muitas vezes, durante o processo de aprendizagem, as crianças demoram algum tempo para realizar uma nova atividade, como escovar os próprios dentes, por exemplo. É comum que, na no dia a dia, os pais acabem por fazer as tarefas pelos seus filhos, para poupar tempo. No entanto, esta atitude acaba por ser prejudicial para a autonomia dos mais pequenos. 

2. Não confunda ajuda com cuidado excessivo 

As crianças devem ser encorajadas, de acordo com a idade, a fazerem algumas tarefas sozinhas com segurança e desenvoltura, no entanto, haverá outras tarefas em que precisarão, naturalmente, de ajuda. Saber identificar cada caso e permitir que as crianças caminhem por si próprias é fundamental para desenvolver a independência. 

3. Permita que a criança encontre soluções para os próprios problemas 

Cada situação que a criança precisa de resolver é uma oportunidade para usar a sua criatividade e pensar sozinha em como solucionar a questão. Este processo de tomada de decisão e escolhas é imprescindível para o seu futuro. É importante deixar que a criança perceba e acredite no seu potencial, pois só assim se sentirá confiante. 

4. O seu filho precisa se sentir seguro para progredir 

Cuidado com as reprimendas. Lembre-se que a criança está a aprender. Quando for necessário, fazer uma advertência fale usar um tom negativo ou imposições. No método Kumon, reforçamos bastante a importância do uso do elogio. Quando se encontram pontos concretos para elogiar, a criança percebe que está fazendo progressos e sente-se encorajada a seguir em frente. 

5. Estimule a resiliência 

Quando a criança não conseguir realizar uma atividade de imediato, sugira que tente de novo. Assim esta compreende que vai ter outras hipóteses, reagindo positivamente e aprendendo com as situações. Confie na capacidade que seu filho possui de resolver os próprios problemas! 

A aprendizagem é um processo de tentativa e erro, em que a participação positiva dos pais é essencial. Deixar claro que você está por perto, caso a criança precise de ajuda, fará com que ela se permita arriscar um pouco mais e tenha mais confiança em si mesma. 

Este tipo de pensamento pode ser aplicado também aos estudos. No método Kumon, a autonomia é uma característica muito valorizada. Ao proporcionar ao aluno a experiência de poder estudar sozinho, e ensiná-lo a conseguir, criamos condições para que ele supere suas dificuldades, abrindo novos caminhos para o futuro.

Sobre a Kumon 

Kumon é a maior empresa de educação do mundo. Está presente em mais de 50 países, nos 5 continentes, com uma rede de centros de estudo onde são ensinados os programas de Matemática Kumon e Inglês Kumon, desenhados para atingir o máximo desempenho dos alunos. A marca foi fundada há 60 anos por Toru Kumon, um professor de matemática, em Osaka, no Japão. O método visa desenvolver o potencial máximo de aprendizagem de cada aluno e promove o desenvolvimento de capacidades através da autoaprendizagem. Mais de 25.000 centros em todo o mundo e 4.400.000 alunos matriculados garantem o sucesso do método do professor japonês.