23 Dec
23Dec

Crianças que lutam contra o cancro servem de inspiração à coleção Baby Pelones, resultado de uma parceria entre a Fundação Juegaterapia e a Disney. A receita das vendas destes simpáticos bonecos (14,95€), todos com um lenço na cabeça, em homenagem aos doentes, reverte para a construção de uma sala de cinema no serviço de pediatria do IPO Lisboa. Os adereços têm todos desenhos de amigos da instituição, bem conhecidos do público, como Alejandro Sanz, Shakira, Laura Pausini, Richard Gere e David Bisbal. Também há criações feitas por algumas das crianças em tratamento no hospital.

O novo lançamento da linha solidária é apoiado por uma campanha de sensibilização que procura destacar as características comuns — da valentia à força, audácia, sensibilidade, resiliência e originalidade — entre os jovens com doença oncológica e as icónicas princesas Disney, 

Através de história reais de meninas em tratamento, como as de Sofia, Corina, Maria, Iria, Carla, Daniela e Lúcia, e a imagem destas figuras populares do imaginário infantil, a Fundação Juegaterapia “pretende sublinhar a coragem e a força de espírito dos milhares de crianças que todos os anos são diagnosticadas com cancro”.

Os 22 bonecos querem ser um espelho no qual estas miúdas “se olham, se reconhecem na sua imagem sem cabelo e, não só se aceitam, como afirmam o quão corajosas e fortes são, tal como todas as princesas Disney.”

Filomena Pereira, a diretora do Serviço de Pediatria do IPO Lisboa que lida diariamente com estas “histórias reais” destaca a importância da brincadeira como a atividade mais séria que existe. “Não há lugar para o engano e para a dissimulação; antes para o encorajamento, a entrega e a expressão da realidade interior. Quando brincamos, estamos a reciclar as emoções e a necessidade de conhecer e reinventar o mundo, a nós mesmos e a nossa relação com ele.”

A importância da brincadeira é realçada por um estudo científico da Fundação Juegaterapia, realizado no Hospital La Paz, em Madrid, e publicado em janeiro de 2021. A pesquisa concluiu que a utilização de jogos de vídeo favorece o bem-estar das crianças submetidas a tratamentos de quimioterapia.

“A escala de dor reduz, em média, 14% e as doses de morfina administradas caem 20%. Além disso, o sistema parassimpático, que é responsável pela recuperação do corpo, é ativado em 14%”, revelou a investigação.

Em Portugal, os brinquedos podem ser comprados nos espaços físicos do El Corte Inglés, Toys R’Us e Gocco. Online, encontra-os na Amazon, Women`s Secret e Juguetilandia.

Desde o seu lançamento, em 2014, já foram vendidos cerca de milhão e meio de Baby Pelones. As receitas permitiram a construção de espaços lúdicos, brincadeiras e outras atividades que ajudam os miúdos a esquecer a doença, tanto quanto possível, e a recuperar.