Estação do Rossio vai ter um cowork


19 Oct
19Oct

Este será o quinto espaço de trabalho partilhado do Heden na Grande Lisboa. Terá capacidade para acomodar cerca de 160 pessoas.

O Heden vai abrir o seu quinto espaço de cowork na Estação do Rossio, em Lisboa. Um espaço de 1.200 metros quadrados (m2) que esteve ocupado até agora pela startup portuguesa Uniplaces, e que será transformado num local de trabalho para cerca de 160 pessoas.

Com um investimento total de 400 mil euros na remodelação do espaço, o novo Heden Rossio conta com um projeto de intervenção de design que “visa transformar o atual escritório num novo e moderno espaço que dá prioridade às formas colaborativas de trabalho, respeitando o tecido histórico do edifício”, segundo o comunicado enviado às redações.

Com espaços em Santa Apolónia, Chiado, Graça e Intendente, o Heden acolhe nos seus coworks empresas líderes globais nas áreas digitais e criativas como por exemplo os “unicórnios” brasileiros Gympass e Loggi, mas também outras empresas reconhecidas como a Marley Spoon e a Ironhack, entre muitas outras. 

"Com a utilização de materiais sustentáveis e reciclados como bambu, cortiça e lã burel, o Heden Rossio proporcionará assim um ambiente confortável e uma atmosfera acolhedora e personalizada tanto para membros independentes (profissionais) como para empresas (corporate)", lê-se ainda. 

“A abertura do nosso quinto espaço neste histórico edifício no Rossio é mais um passo no sentido de nos estabelecermos como o projeto de referência de espaços de cowork na cidade de Lisboa”, explica Manuel Bastos, co-fundador do Heden. “Os últimos 18 meses impulsionaram novas formas de trabalho, e os modelos híbridos e flexíveis são cada vez mais procurados por empresas nacionais, internacionais e freelancers que não dispensam um espaço de trabalho cómodo, sustentável, flexível e seguro", acrescenta.