Um jardim secreto e sem idade - um clássico para (re)ler este verão


19 Aug

Acaba de estrear nos cinemas uma nova adaptação do clássico de Frances Hodgson Burnett, publicado em 1911, O Jardim Secreto, integrado da coleção Tesouros da Literatura da Fábula e incluído no Plano Nacional de Leitura.

A edição da Fábula, disponível nas livrarias, conta com o prefácio da escritora Carla Maia de Almeida, que assina também a tradução. A belíssima ilustração da capa é de David Pintor. Um clássico a (re)descobrir por jovens e adultos. Os primeiros capítulos estão disponíveis para leitura aqui

«Uma das originalidades de O Jardim Secreto consistiu em ter começado por sair numa revista literária destinada ao leitor adulto, The American Magazine (...) É lícito ver no enredo um símbolo de transformação e renascimento sobre o qual Frances Hodgson Burnett decalcou o seu compromisso com a escrita e a vida. Todas as suas convicções místicas e espirituais; a sua fé nos progressos da ciência e da medicina; a crença naquilo a que hoje chamamos o "pensamento positivo"; a exaltação pós-romântica da natureza: todos esses temas convergem para estas páginas.»

in Prefácio de Carla Maia de Almeida

O Jardim Secreto 

Um clássico intemporal que fica no coração de todos aqueles que o leem. Mary Lennox vivia na Índia, rodeada de luxos e criados. Contudo, após doença grave dos pais, a menina fica órfã e é obrigada a ir viver com o tio Archibald Craven, em Inglaterra.Sem nada para brincar dentro de casa, Mary vai explorar o exterior e descobre um jardim. Mary vai conhecer emoções e sensações que até aí desconhecia, como a amizade que desenvolve com Dickon e Colin ou a simples alegria que uma corrida pelos jardins pode trazer. As três crianças assumem o forte compromisso de fazer renascer o jardim fechado há mais de 10 anos. É essa dedicação que vai alterar por completo as suas vidas e a de todos os que ali habitam. Frances Hodgson Burnett escreveu uma narrativa maravilhosa, onde o encanto e os mais simples pormenores da natureza levam à descoberta do «jardim secreto» de cada uma das personagens.


Sobre a autora

Frances Hodgson Burnett nasceu a 24 de novembro de 1849, em Manchester, Inglaterra. A morte prematura do seu pai levou a que Frances, juntamente com a sua mãe e quatro irmãs, se mudassem para Tennessee, nos EUA, em busca de melhores condições de vida. Ela tinha apenas 18 anos quando enviou uma história para uma popular revista literária, dando assim início a uma auspiciosa carreira. Em 1873, casou com um médico norte-americano, mudando-se, poucos anos depois, para Washington. De entre as suas obras destacam-se A Princesinha e O Pequeno Lorde, mas foi com O Jardim Secreto que se tornou mundialmente conhecida. Passou grande parte da vida entre a Inglaterra e os EUA, onde veio a falecer em 1924.

Sobre a Coleção Tesouros da Literatura

Esta coleção oferece uma cuidada seleção de obras infantojuvenis aclamadas universalmente, muitas delas recomendadas pelas Metas Curriculares de Português e pelo Plano Nacional de Leitura.