Cápsulas usadas da Nespresso transformadas em 125 toneladas de arroz solidário


29 Jan
29Jan

A campanha “Reciclar é Alimentar” da Nespresso permitiu doar mais de 721 toneladas de arroz a mais de 2.630 instituições de solidariedade social apoiadas pelo Banco Alimentar ao longo dos últimos 11 anos. O donativo mais recente corresponde a 125 toneladas de arroz português, que cresce com a ajuda das borras de café Nespresso.

Tudo começa na reciclagem das cápsulas. Há mais de uma década que os portugueses podem entregar as cápsulas usadas nas lojas da marca, que depois são separadas em diferentes elementos. As borras são aproveitadas para um composto agrícola para terrenos de cultivo na Herdade Monte das Figueiras, em Santa Margarida do Sado. O arroz que aqui é produzido é comprado pela Nespresso e, mais tarde, doado ao Banco Alimentar.

O alumínio, por seu turno, é integrado em novos objectos, como canetas, máquinas fotográficas, canivetes ou bicicletas. Segundo Brigitte Felber, Business Executive Officer da Nespresso Portugal, este é um material «infinitamente reciclável e, ao mesmo tempo que garante um café da mais alta qualidade, preservando todas as suas características».

Segundo a responsável, este é um projeto de economia circular e reaproveitamento das cápsulas. A reciclagem acontece em Loures e os materiais seguem, depois, para os seus destinos finais: Viana do Castelo, no caso do alumínio, e Santa Margarida do Sado, no caso das borras de café.