FNAC lança movimento de incentivo à leitura #bookmask


26 Aug
  • Ricardo Araújo Pereira, Ana Bacalhau, João Tordo, Rita Redshoes são alguns dos embaixadores que dão a cara pelo movimento
  • Campanha arranca amanhã, dia 27 de agosto, na Feira do Livro de Lisboa e do Porto, nas lojas físicas e nos canais digitais da FNAC

No atual contexto pandémico, o setor dos livros foi um dos mais afetados com uma quebra superior a 60% nos meses de confinamento. Portugal já era um dos países na Europa que menos lia e a FNAC há já vários anos que abraça a causa da promoção da leitura, com diferentes iniciativas tais como a oferta de livros no Dia Mundial do Livro. Durante este período, houve a expectativa que os portugueses aproveitariam o tempo para ler mais, o que não aconteceu.  

Neste contexto, a FNAC, como um dos maiores promotores culturais em Portugal, quer inverter esta tendência, apelando agora a todos os portugueses para se juntarem a este movimento “livros de uso obrigatório”. O conceito é simples: usar um livro como se fosse uma máscara. É este o mote lançado pela FNAC para promover e incentivar os portugueses a lerem mais.  

O objetivo desta campanha que arranca amanhã, dia 27 de agosto, é realçar que a leitura é tão vital como as máscaras que agora todos nos vemos obrigados a usar diariamente, da mesma forma que os livros nos protegem da falta de conhecimento, abrindo horizontes, estimulando a criatividade e a imaginação.

Para promover esta missão, juntaram-se à FNAC alguns nomes conhecidos do panorama cultural português como Ricardo Araújo Pereira, Ana Bacalhau, João Tordo, José Luis Peixoto, Rita Redshoes, entre outros.  

Paralelamente, ao longo do mês de setembro, e de forma a tornar este movimento transversal, a FNAC desafia todos os booklovers a tirarem uma fotografia com a sua “máscara literária”. Depois, é só partilhar a imagem nas redes sociais com o hashtag #bookmask e #usoobrigatorio e identificar a página da FNAC Portugal. A fotografia mais criativa ganha 50€ em cartão FNAC e ainda uma máscara social muito especial.  

A campanha lançada pela FNAC vai também estar presente na televisão e na rádio, com sugestões de leitura para os portugueses, além das lojas físicas e canais digitais, entre outros meios da marca.  

Para iniciar este movimento da melhor forma, a FNAC terá descontos até 50% na Feira do Livro de Lisboa e do Porto. A apostar na diferenciação, a FNAC dispõe ainda de uma grande oferta de livros em inglês e francês e terá ainda áreas dedicadas ao KOBO, o e-reader exclusivo da FNAC, e a livros de arte.  

O compromisso da FNAC com a cultura está mais forte que nunca e depende de todos nós! Por isso, é tempo de promover a leitura. Junta-te ao movimento! #bookmask #usoobrigatorio.