Sorrisos perfeitos desenhados em família


16 Sep

Pergunta do dia: “meninos, já lavaram os dentes?” Respostas possíveis: “já vou!”, “não me apetece!”, “já lavei de manhã!”, “os dentes não estão sujos…” A hora de lavar os dentes pode ser um drama, mas também pode ser um momento divertido. Histórias e cantigas valem a pena, mas a eficácia e a qualidade da dupla escova/pasta ajudam muito. E nisso, a marca escandinava Jordan tem muito a dizer, nomeadamente através das suas linhas Jordan Kids e Green Clean para crianças.

Sabendo que a saúde oral é uma parte fundamental da saúde geral, é essencial tratar dos dentes com produtos de qualidade para o efeito, ter as rotinas diárias bem definidas e, no caso das crianças, encontrar a melhor forma de perceberem a importância desta tarefa para o seu bem-estar. Há estratégias que podem ajudar nesta nobre missão.


ROTINA PARA DENTES SAUDÁVEIS: 6 PASSOS

1. Escovar os dentes regularmente
É fácil de memorizar: os dentes devem ser escovados pelo menos 3 vezes ao dia – a seguir às principais refeições - durante 3 minutos. E mais uma: ao acordar, para retirar a película que se forma durante a noite e que fica à volta do dente. Se não for removida, pode contribuir para a fixação de placa bacteriana no dente.

2. Escovar os dentes da maneira mais correta e eficaz
Os dentes não devem ser escovados com força, mas sim com movimentos circulares e suaves, dente a dente, na superfície de mastigação, na parte interna e na parte externa, terminando com a lavagem da língua. Peça ao seu dentista que lhe dê todas dicas importantes para o fazer da melhor maneira.

3. Trocar de escova de dentes periodicamente
As escovas devem ser trocadas, preferencialmente, de três em três meses, sendo que a sua escolha deve ser a mais indicada de acordo com a idade, já que as crianças têm diferentes necessidades à medida que crescem.

Por este motivo, a gama da Jordan para crianças, à venda em várias superfícies comerciais, contempla diferentes características para tornar a escovagem dos dentes eficiente em todas as idades. Da cabeça, à pega, às cerdas, aos designs, todos os pormenores foram pensados à medida das necessidades das crianças, para ajudar a estabelecer bom hábitos de saúde oral, desde o primeiro dente.


4. Preocupe-se com o ambiente enquanto lava os dentes
Quando for escovar os dentes, em vez de manter a torneira aberta, encha um copo com água para lavar e enxaguar a boca. Repita o mesmo processo com as crianças e a poupança vai fazer diferença na carteira e no ambiente. Com a torneira aberta pode despender 36 litros, enquanto que com a torneira fechada apenas 0,3 centilitros.
A atenção aos materiais da escova que usa também pode fazer diferença. Toda a linha Jordan Green Clean foi criada a pensar também no meio ambiente, porque não deve haver cedências nem com o futuro do planeta nem com a higiene oral. Assim, todos os materiais e ingredientes são escolhidos nesta base: o plástico e o cartão utilizados são reciclados o máximo possível e os ingredientes são naturais e cuidadosamente selecionados.

5. Fazer uma alimentação saudável
A alimentação é um fator fundamental a ter em conta no que toca à saúde oral. Há alimentos que funcionam como agentes de ataque e que enfraquecem os dentes, chegando a destruí-lo. Evitar cáries depende muito de uma alimentação saudável, baixa em teor de açúcar.
Há vitaminas que já demonstraram ser benéficas para os dentes como o cálcio (presente nos produtos lácteos), importante para ter dentes fortes, e a vitamina C (presente na fruta e nos legumes), pela sua função antioxidante que ajuda na síntese do colagénio e, consequentemente, no desenvolvimento de gengivas saudáveis.

6. Ir ao dentista regularmente
Ainda que tenha uma rotina diária correta de higiene oral, é importante que vá ao dentista regularmente. O ideal é fazer uma limpeza de seis em seis meses. Aconselhe-se com o seu dentista, nomeadamente nas questões relativas aos dentes das crianças. A partir dos 2 anos é a idade mais indicada para fazer a primeira consulta.



DICAS PARA UMA ESCOVAGEM DIVERTIDA E TRANQUILA, SEM DRAMAS 

Escovar os dentes em conjunto, em frente do espelho
Como sabemos, as crianças aprendem muito por imitação. O espelho é uma ajuda por excelência, assim como estar ao lado (e neste caso frente a frente) dos pais. Escovar os dentes em família é, assim, uma excelente ideia para o sucesso desta tarefa.

Uma história por cada lavagem
As histórias podem ajudar a motivar a criança para a lavagem dos dentes. Uma história que dure o tempo da lavagem e, quem sabe, dar um nome a cada dente para ir lavando um a um e para que não fique nenhum por lavar.

Experimentar no adulto
E se antes de lavar os seus próprios dentes (com ou sem a ajuda dos pais) a criança lavar os dentes da mãe ou do pai? Desta forma, é possível explicar-lhe como devem ser feitos os movimentos e a melhor forma de escovagem, de maneira a que depois a criança repita o processo nos seus dentes.

Tratar do boneco favorito
Assim como os pais são responsáveis pelos seus filhos, os filhos sentirem que têm essa responsabilidade para com o seu boneco favorito pode dar-lhes o verdadeiro sentido de missão “dentes limpos, dentes seguros". Os bonecos ganham vida e o seu filho deixa-se entusiasmar com este momento. 

Temporização da tarefa
Uma ampulheta ou uma música que toca na rádio pode também ser uma boa opção. “Hipnotizados” a ver o tempo passar ou embalados ao som da música, podem realizar a tarefa sem grande agitação e com uma boa dose de animação.

O jogo da brancura
Quem fica com os dentes mais brancos? Não é obrigatório que haja competição ou, no caso de existir, que seja saudável, mas, principalmente no dia em que se comeu aquele chocolate bem doce, é importante que haja uma demorada escovagem para que os dentes fiquem o mais brancos e saudáveis possível. O capitão da equipa decide quem ficou com os dentes mais bem tratados.

No final, o sorriso mais bonito é que vai ditar quem fez a melhor lavagem dos dentes! 

Com o apoio: