15 Jan
15Jan

Ninguém quer ficar fora do comboio da sustentabilidade, e a mais recente marca a entrar nele foi a Havaianas. A marca brasileira foi desafiada pela White Stamp a dar uma segunda vida aos seus produtos, aderindo ao mercado de roupa em segunda mão. Para isso, integrará o programa Sell 1 Buy 1 da start up portuguesa, onde os consumidores podem trocar os artigos usados por crédito em compras nas marcas parceiras do projeto.

Para aderir a esta iniciativa deve criar uma conta nas plataformas online da White Stamp ou da Havaianas. Depois, ser-lhe-á pedido que faça uma lista de todos os artigos usados — independentemente da marca — que tem para vender. Estes serão avaliados automaticamente pelo sistema, e depois disso só tem que enviar, gratuitamente, os produtos para a White Stamp. Quando acusarem a receção, e procederem à verificação dos mesmos, será disponibilizado o crédito que poderá usar na compra de novos artigos.

Após a chegada à start up portuguesa, os produtos podem ter vários destinos, consoante o estado em que se encontram. Poderão ser vendidos através de uma loja de produtos em segunda mão, situada no Porto, ou então, ser devolvidos à marca de origem que decidirá se os doa a instituições ou procede à sua reciclagem. Em comunicado, a Havaianas declarou que esta parceria pretende “lutar contra o desperdício têxtil através de uma lógica de consumo circular”. 

A junção de esforços entre a empresa a brasileira e a White Stamp é a mais uma das medidas que marca dos icónicos chinelos adotou para se tornar mais sustentável. No âmbito do compromisso público que assumiu, de preservação do ambiente, já havia lançado um programa de reciclagem de dos seus produtos, que está disponível em vários países — incluindo Portugal. 

A Havaianas tem também trabalhado no sentido de tornar as suas coleções mais amigas do ambiente. Para isso, tem apostado no desenvolvimento de peças feitas através de materiais obtidos a partir da reciclagem de garrafas de plástico PET.