04 Jan
04Jan

Para ajudar a diminuir a propagação do vírus da Covid-19, a Joaquim Chaves Saúde está a disponibilizar a realização de testes rápidos de antigénio, comparticipados pelo SNS. A medida estará em vigor até ao final deste mês de janeiro, em 41 postos de colheita em todo o País.

Para realizar um teste, é necessário fazer uma marcação prévia através do site da Joaquim Chaves Saúde, sendo que cada pessoa pode realizar até seis testes gratuitos mensais. «Nos locais de colheita, todas as normas de higiene e segurança são cumpridas. Temos os locais prontos para receber qualquer utente que pretenda realizar o teste. Os resultados podem ser comunicados oralmente aos utentes no momento do teste e será enviado um boletim de resultado até 12 horas depois da colheita», garante em comunicado Carlos Cardoso, coordenador dos laboratórios de análises clínicas da Joaquim Chaves Saúde.

Esta medida tem como objetivo ajudar a assegurar a prevenção, contenção e mitigação da transmissão do SARS-CoV-2. «Para o grupo é crucial continuarmos a apoiar os portugueses no combate a esta pandemia, pelo que, através desta testagem gratuita, pretendemos corresponder ao aumento exponencial da procura por testes de antigénio a que temos vindo a assistir nas últimas semanas», afirma Luís Valente, diretor de Marketing e Comunicação da Joaquim Chaves Saúde.