lado a lado


lado a lado

As mães são o mar a embalar. São o vento a soprar a areia da ferida do joelho. São o sol a secar as lágrimas. São a chuva a chamar para dentro. São o céu limpo de ir à rua pela mão. São água corrente a lavar as birras e a esfregar atrás das orelhas. São as estrelas que andam em pontas para não acordar o sono dos seus meninos de oiro. São o eco dos segredos dos primeiros arrufos. São o arco-íris depois da tempestade e são o ribombar dos trovões quando o jantar arrefece à espera. As mães são, sim, tudo isso. A maior força da natureza.

ilustração de Angela DiGiovanni

lado.a.lado