lado a lado


lado a lado
Deixa-me cá apontar
Que é para não me esquecer
Daquilo que me faz falta
Para um sábado a valer…
Preciso de não fazer nada
A não ser nada fazer
Ando sempre a adiar
Mas hoje terá de ser…
Eu sei que vai ser cansativo
Mas se chamar um amigo
Para nada comigo fazer
Vai ser bem mais divertido
Nada deixar para depois
Porque nada custa tanto quando é feito pelos dois.


Ilustração de Jayme Sifuentes