VOU TE Contar


VOU TE Contar
E deve existir na vida qualquer coisa que grite em silêncio, encurte as palavras e prolongue o tempo.
Qualquer coisa que fale de esperança e rostos desmascarados, de sorrisos livres, do aconchego de um abraço.
Qualquer coisa que fale de amor, de doação, de mãos que se estendem, de olhos que enxergam a alma e respeitam a dor.
Qualquer coisa de dias a fio, de histórias sem fim, de fotografias, de sonhos desengavetados e de um pouco mais de estrada para viver e ser.
Qualquer coisa que grite em silêncio, encurte as palavras e prolongue o tempo.
-Eunice Ramos