VOU TE Contar


VOU TE Contar
Que a gente aprenda, afinal, a fazer pausas nas horas, a olhar sem pressa, a observar o dia e, feito criança, se lambuzar de vida. Que a gente aprenda, afinal, a reescrever nossa história infinitas vezes, refazer planos, desconstruir nossos castelos, tomar outra direção, mudar de ideia, inventar novos sonhos. Que, não importa o tempo, é sempre possível sentar-se num banco de praça e namorar as estrelas, e abrigar no coração o que provoca risos na alma. Que a gente aprenda, afinal, a se demorar no outro e, assim, aprender a ser mais gente, se lavar do egoísmo e de qualquer sentimento que escureça nosso olhar. A espalhar gentilezas, distribuir doçuras e iluminar as estradas para o outro passar. Que a gente aprenda a ser melhor.  

-Eunice Ramos